Buscar

Retorno ao serviço @escolapt.wordpress.com

Atualizado: 31 de out. de 2020



Não é pelo valor em si, os 10 ou 12 cêntimos que as escolas cobram, e que deverá reflectir o custo dos caderninhos vendidos pela Editorial do ME.

É mesmo pela questão de princípio: deve pagar-se para trabalhar? O custo dos papelinhos ou, pela mesma ordem de razões, dos diversos sistemas que o Estado e as empresas usam para controlar a assiduidade, deve ser suportado pelos trabalhadores?” » LER MAIS

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo